Poemas

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Culminância do projeto: Criando ou alterando regras do jogo

video

Projeto Bimestral de Língua Portuguesa - 6º ano / 3º bimestre de 2011

Nome do Projeto 
Criando ou Alterando Regras do Jogo

Coordenadora do Projeto:
Profª Janea  Dias                                                                         
                                   
Escola onde o projeto será implementado:
Colégio Estadual Visconde de Cairu

Município:                                               
São João de Meriti                             


Objetivo Principal do projeto: 
Tornar mais bem conhecido dos alunos o texto instrucional, levando-os a reconhecer a finalidade desse tipo de texto.

 
Objetivos Específicos:
  • Identificar as diferentes formas verbais utilizadas (imperativo e infinitivo) e os efeitos de sentido produzidos por elas.
  • Reproduzir por escrito regras de jogos.
  • Elaborar alterações de regras com justificativas relevantes.
  • Reconhecer o gênero instrucional como um texto que tem a função de transmitir regras, instruções ou orientações.
 
Justificativa do Projeto:
Reforçar as habilidades e competências da língua portuguesa e literatura referentes ao conteúdo do bimestre e do ano de escolaridade do aluno, em cumprimento às leis educacionais vigentes.

Público-Alvo:
Alunos da Turma 602

Detalhamento das ações:

  • Conversar com os alunos sobre o projeto e a participação deles no mesmo;
  • Organizar e dividir a turma em grupos;
  • Explicitação,  análise do gênero do texto em questão e exercícios do livro didático;
  • Promover atividades de pesquisa na internet. 
  • Produzir atividades de verificação de aprendizagem. 
 Produto Final
  • Culminância do projeto: setembro de 2011, em sala de aula. 
  • Nesse dia, os alunos desenvolverão a atividade utilizando  para tal folhas de papel A4 coloridas e padronizadas e dicionários.
  • Os alunos optarão em criar um jogo e enumerar suas regras ou alterar as regras de um determinado jogo já existente. 
  • Como resultado final, todos os trabalhados produzidos pelos grupos serão escaneados e postados no blog da turma, valorizando, assim, a interpolação (troca de ideias, experiências, vivências etc.) e promovendo a socialização dos textos produzidos. Além disso, as fotos tiradas durante a culminância do projeto se converterão em um "vídeo projeto" da turma. 

    domingo, 11 de setembro de 2011

    Receitas Culinárias de Países Lusófonos Africanos

    Antes das receitas, precisamos saber o que é lusofonia e quais são os países Lusófonos Africanos. Vejamos:

    Lusofonia é o conjunto de identidades culturais existentes em países, regiões, estados ou cidades falantes da língua portuguesa como Angola, Brasil, Cabo Verde, Galiza, Guiné-Bissau, Macau, Moçambique, Portugal, Goa, Damão e Diu, Timor-Leste, São Tomé e Príncipe  e por diversas pessoas e comunidades em todo o mundo.


    Os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa, cujo acrónimo é PALOP, é um grupo formado por seis países lusófonos africanos formado em 1996. Cinco dos membros foram colônias de Portugal em África, que obtiveram a independência entre 1974 e 1975. O outro é a Guiné-Equatorial, que em 2007 adoptou o português como língua oficial.

    Estes países, que se encontram organizados na Comunidade dos países de língua portuguesa (CPLP), vêm firmando protocolos de cooperação com vários países e organizações nos campos da cultura, educação e fomento, preservação da língua portuguesa e pela União Européia e outros.
     


    FONTE: Wikpedia

    No site mencionado acima, há várias receitas culinárias de todos esses países lusófonos. No entanto, de acordo com as habilidades e competências a serem alcançadas nesse bimestre, pesquisaremos apenas as receitas oriundas dos países lusófonos africanos tais como: Angola, Moçambique, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe e Guiné-Bissau. O objetivo dessa atividade é que possamos reconhecer nestas as variações de linguagem e destacar palavras de uso cotidiano nesses países, mas desconhecidas e/ou raramente usadas no Brasil. 

    Os alunos da turma 602, divididos em grupos de três a cinco componentes cada, iniciarão a pesquisa nos links listados abaixo. Cada grupo poderá escolher um ou mais países lusófonos  para que possam pesquisar suas receitas culinárias.

    Então, mãos à obra! Ou melhor, às receitas.








    FONTE: http://www.gastronomias.com